sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Um "triunfo" de dia!! E para fechar a noite após o cabaré ....

No metro rumo ao Arco do Triunfo
Hoje o dia foi longo e corrido, mas delicioso.
Começamos com uma visita ao Arco do Triunfo. Todos os monumentos em Paris, parecem gigantes e esse não seria diferente. Com 50 metros de altura,foi construído em comemoração às vitórias militares do Napoleão Bonaparte. 
A obra detém, gravados,
os nomes de 128 batalhas e 558 generais. Em sua base, situa-se o Túmulo do soldado desconhecido (1920). Uma homenagem a todos os soldados que morreram em guerras e foram enterrados sem que seus corpos possam ser identificados. 
Um guia nos contou que Napoleão, ao retornar de uma batalha soube que o arco ainda não estava pronto e por isso acampou com sua tropa nos arredores de Paris, em pleno frio europeu, para chegar em grande estilo e neste período muitos soldados morreram de fome e frio. Será? Loucura ou não a obra é realmente grandiosa e magnifica. 


Impossível é fotografá-lo todo de perto. Então descemos a Champs Èlysées, e o avistamos de longe. Não importa é lindo de qualquer jeito. 





 



Neste dia fomos a tarde ao Palácio de Versailhes que vou contar no próximo post. 
A noite ao Cabaret Paradis Latin, com convite previamente comprado com a CCHotels.  
Um belíssimo show acompanhado de um delicioso jantar. Tré Chic!

Abaixo antes de sairmos uma foto no hotel e ao lado meu "lord" amado lendo o cardápio, já que eu não enxergo. O cardápio vem com menu em Inglês, Francês, Espanhol, Português e uma idioma que não identifiquei. 


 


Após um copo de vinho e um de champagne fiquei alegrinha. Dai parei, para não sair da linha. kkkkkk

E Para fechar a noite (Paris a noite é lindíssima)  a Torre Eiffel iluminada! 


 No próximo post, o inesquecível passeio aos jardins de Versailhes e seu palácio.




domingo, 9 de novembro de 2014

Louvre - Ficamos sem fôlego e emocionadíssimos!!

Louvre.....Se há um lugar em Paris que em muitas visitas não se esgota é o museu do Louvre.
Ele é gigantesco. Acredito que até mesmo os franceses levam anos para conhece-lo. 

O palácio do Louvre foi sede do governo monárquico no reinado de de Luiz XIV. Quando o rei mudou-se para o Palácio de Versailhes, o prédio abrigou a Academia de Belas Artes e de Pintura em 1692. As guerras vencidas por Napoleão resultaram em um acervo para o Museu Napoleão, assim intitulado na época. Com a queda de Napoleão em 1815, as nações exigiram seus tesouros novamente.Deste então o museu passou por renovações e reinados. Em 1981 o presidente François Mitterrand lançou o projeto do Grande Louvre,  o museu é dividido em três alas: a Ala Sully a leste, que contém a Cour Carrée e as partes mais antigas do Louvre, a Ala Richelieu ao norte, e da Ala Denon, que faz fronteira com o Rio Sena para o sul.
Nós pegamos o metrô e saíamos em um shopping que fica embaixo do Louvre. Logo abaixo da Pirâmide.

Muito fácil. A fila anda rápido. Eles tem guias em diversos idiomas. 







As fundações originais do museu;

Peças do antigo Egito. Fiquei emocionada, pois havíamos estudado sobre a Escrita na escola. 







Olha o meu faraó, que lindo! 


Abaixo sarcófagos egípcios. 

Aparentemente os reis daquela época eram baixinhos. 





 Ao lado a visão que se tem em cada ala do Louvre.....sua grandiosidade.....






Abaixo .....visão de dentro do museu......


Coroação de Josefina, esposa de Napoleão, na Catedral de Notre Dame. 

Abaixo a própria .....Monalisa, também conhecida como A Gioconda "A Sorridente"
uma obra de Leonardo da Vinci, pintado em 1506. Uma das obras mais visitadas no Louvre. Há muitos avisos dizendo: Cuidado com os batedores de carteiras, já que todo mundo quer fotografar e esquece dos próprios pertences.





Olha que coisa mais linda, ao lado e abaixo:  no Louvre pode-se sentar e pintar livremente.

Alias o museu tem muitos sofás espalhados para se admirar as pinturas e claro, descansar. Nós visitamos  duas alas, só observando, sem parar para conhecer a história. 


O que Napoleão III ? Nós nem sabíamos que havia o segundo? 

Carlos Luiz Napoleão Bonarparte, sobrinho de Napoleão, foi o Primeiro Presidente eleito por voto direto na França. Foi responsável pelo desenvolvimento industrial, econômico e financeiro do país. Foi o mais autoritário governante na época imperial. 
 Quanto luxo! Inacreditável o poder demonstrado no luxo dos palácios. 






Esse passeio foi incrível. Não conseguimos ver muita coisa, pois o museu é imenso. Ficou aquela vontade de voltar. Chegamos perto das 9 horas da manhã e saímos as 16:00 horas.

É claro não podia faltar a foto da lindíssima pirâmide vista de fora.

No próximo post, Arco do Triunfo (A homenagem e a loucura do General Napoleão Bonaparte) e Champs Élysées




sábado, 8 de novembro de 2014

City tour por Paris. Très Bien!

Quando deixamos a Torre Eiffel nosso guia Nicolau, deveria nos levar até Sacre Couer, mas como era tarde ele nos ofereceu um city tour . Foi  muito bom ver Paris de carro e passar por alguns monumentos que iriamos depois e outros que não daria tempo 
(só quando voltarmos a Paris, um dia)
O Arco do Triunfo é um belíssimo monumento e tem uma super história, mas vou contar só depois, pois o visitamos sozinhos em um dia lindo de sol. 

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Torre Eiffel, quanta emoção!

A torre Eiffel é um dos pontos turísticos mais visitados do mundo e foi projetada por Gustave Eiffel, construída para comemorar o centenário da Revolução Francesa em 1889.  A torre tem 324 metros de altura e possui três andares de observação. Até o primeiro andar, se quiser subir a pé, são 300 degraus.  Uma curiosidade é a subida do elevador na diagonal. 
Linda demais. Gigantesca. Impossível fotografa-la inteira de perto. Nós até tentamos.   Compramos esse passeio com a CCHotels, o que facilitou nossa entrada, já que não foi preciso enfrentar a gigantesca fila (a maior que vi em todos os monumentos). 
Subimos ao segundo andar e a vista é maravilhosa. De cada lado uma surpresa.


Campos de Marte. Daqui em 1901, Santos Dumont conquistou um prêmio ao decolar e contornar a Torre com seu dirigível 
número 6. 
Ao fundo é possível avistar a Torre de MontParnasse, que também oferece uma visita panorâmica de Paris. CCHotels é a representante exclusiva no Brasil. 



O Rio Sena contorna Paris e a torna ainda mais bela vista do alto. Nesta foto é possível observar ao fundo a direita os Bosque de Boulogne, duas vezes e meia maior que o Central Park. Ali Santos Dumont fez seu primeiro voo com o 14 Bis em 1906.


Ao lado, Palais de Chaillot erguido sobre uma colina, abriga hoje os Museus da Marinha, o Museu do Homem e o Teatro Nacional de Chaillot. 

Uma curiosidade: Moro em um condomínio intitulado Bois de Boulogne com quatro prédios: sendo Palais de Luxemburgo, Palais de Versailhes, Palais do Louvre e Palais de Chaillot em que moro. Foi muito bom ver de onde veio a inspiração. 
Só posso dizer embora o Louvre nos tenha levado as lágrimas, o Jardins do Palais de Versailhes são os mais lindos que já vi. 

Este é um lugar belíssimo para ficar durante um longo tempo e admirar Paris, mas nosso guia nos deu 30 minutos e teríamos que deixar uns 10 para descida (esperar o elevador ou descer de escada). Quando saímos da Torre Eiffel estávamos encantados e ficamos ainda mais quando vimos a Torre de noite toda iluminada. 

Neste dia ainda fizemos um city tour por Paris, mas ela é tão linda que deixa as outras belezas para outro post. Ai que saudades. 



quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Almoçar. Se você não conhecer o cardápio, melhor perguntar.


Antes do passeio da tarde (passeio no Rio Sena e Torre Eiffel) paramos para almoçar e aqui cabe um esclarecimento sobre o que disse no primeiro post dessa viagem " ....algumas pessoas me disseram que os franceses não gostam de falar inglês" .Em todos os lugares, cafés, restaurantes, lojas, supermercado, os atendentes falavam inglês. O taxista falava inglês. Afinal, Paris é uma cidade que recebe turistas de diferentes partes do mundo e todos sabem o quanto isso é importante para a economia. 

Em nosso primeiro almoço, pedimos uma massa e um prato tipico do cardápio anunciado na porta do restaurante (todos tem uma lousa com o cardápio do dia escrito com giz). O garçom que nos atendeu foi muito simpático e até usou o celular para pesquisar o prato em inglês para nos ajudar. Enfim .......quando o prato chegou...........